sexta-feira, 15 de abril de 2011

ESPELHO, ESPELHO MEU

Espelho, espelho meu
Declaro diante de ti, amor incondicional
Àquele que vejo no teu reflexo
Pois ele, sou eu

Prometo, espelho meu
Saciar-me de mim mesmo
Até a última gota
Do mel que é meu, do néctar que sou eu

Pois, caro espelho meu
Quem deve amar-me e querer-me bem
Alegrar-me e completar-me
Senão esse que vejo em ti, que sou eu?

Se feio, bonito
Se chato, antipático
Se romântico, ingrato

Que importa, espelho meu?
Nego-me a ser infeliz
Pois esse, sou eu.

Bruno Gomes
15/04/2011

8 comentários:

Mariane Magno disse...

Que lindo Bruninho. É verdade precisamos amar a nós mesmo, as pessoas não entendem muito isso. Se não somos capazes do nos amar, quem é que vai?
Ou como seremos capazes de amar outra pessoa? Um tanto quanto improvável.
Amei seu poema..e vou perguntar hoje essa forma inusitada. HAUSHAUSH'
primeiro comentário *-*

Beijos Bruninho! ##

claudia :* disse...

Por que ta tirando as tattoo ? :/

PapoBacana disse...

Legal seu texto, o melhor amor é o amor próprio,
1º amar a Deus..
2º a nós mesmo..

ps: quanto a vista a Ipatinga, minha casa está quase pronta( ate o fim do anor eu acho), vai ficar bem grande (cabe todo mundo) chama a Mary e vem..rsrs

o bom que quando eu for pra salvador trabalhar, jpa vou ter lugar para passear tbm..rsrs

http://papiando-adoidado.blogspot.com

Rai disse...

Devemos amar a nos mesmos para depois podermos amar os outros e eles nos amarem
vc eh um grande poeta e me ama
hushausahuashsauhsausa
bjoos

laise disse...

Você e suas lições. Mas está certo. Devemos amar a nós mesmos primeiro, para, então, sermos capazes de amar o outro.

Viver, é um espetáculo. disse...

Nossa que legal, olhei seu blog e me encantei pelos textos, você escreve muito bem!
É um dom a forma que escreve, e o que escreve.
Adorei esse texto, e acredito que devemos nos amar sempre em primeiro lugar, 1º eu , 2º eu e 3º eu!
Estou te seguindo, e sempre que puder darei uma olhada no seu blog, porque adoro compartilhar leitura.
Abraços

ღJhoy Nanynhaღ disse...

brunoo vc não sabe como é ruim escrever com teclado virtual kkkk!
meu teclado pifou. por isso esta dificil me manter atualizada e visitar meus amigos =[

---------------------
estava com tantas saudades do teu cantinho!Das tuas paavras(♥)
---------------------
lindo poema , se não amamos a nos mesmo como amaremos nosso próximo?
é tão bom estar de bem com o espelho! lindo poema as vezes eu preciso de frases assim, falastes a mim amiguinho =D.

Bruno Gomes disse...

Mari: Obrigado querida!
Antes do 'amor-exógeno' é necessário o 'amor-endógeno'.

Viu? Acabei de criar 2 novos conceitos para o dicionário hehe

Cláudia: Depois de 10 anos olhando pra elas, cansei e decidi removê-las a laser.

Jel: Pode deixar! rsrs Aqui em Salvador você já tem 2 casas disponíveis. A minha e a de Mari.

Rai: Te amo mesmo. Mas você me ama mais! hehe

Laise: Valeu pelo comentário!

Thais: Obrigado pelas palavras! Já passei lá no seu e o último texto sobre a Ilusão é fantástico. Comentei nele.

Jhoy: Valeu querida! Essas palavras servem de certa forma para todos nós, não é mesmo?

Abraços!